5 de nov de 2013

Bolo de Fraldas

Fiz um bolo de fraldas para o chá de bebê da minha amiga e ficou assim




16 de mai de 2013

Brincando de fazer arte com Cândido Portinari

Este projeto está em andamento com a turma de Mini Grupo II 


PERÍODO ESTIMADO: 3 meses (uma vez por semana)
FAIXA ETÁRIA: 3 a 4 anos (Mini Grupo II)

OBJETIVO GERAL
·    Conhecer a obra de Cândido Portinari e baseado nela, ampliar sua concepção de mundo, comparando com sua própria realidade e interpretando-a livremente, explorando recursos artísticos diversificados, desenvolvendo o gosto e respeito por sua criação artística e do outro.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  •          Ampliar o conhecimento de mundo que possuem, manipulando diferentes objetos e materiais;
  •          Interessar-se pelas próprias produções, pelas de outras crianças e pelas diversas obras artísticas;
  •          Produzir trabalhos de arte, utilizando a linguagem do desenho, da pintura, da modelagem, da colagem, da construção, desenvolvendo o gosto, o cuidado e o respeito pelo processo de produção e criação;
  •          Desenvolver o cuidado com os materiais e com os trabalhos e objetos produzidos individualmente ou em grupo.


CONTEÚDO
·         Artes Visuais;
·         Linguagem Oral e Escrita;
·         Movimento.

ETAPAS
1ª Etapa:
Apresentar o projeto para o grupo e em roda de conversa contextualizar a vida e obra de Candido Portinari
2ª Etapa: Obra “Futebol, 1935”.
Ø  Apreciação da obra (socialização);
Ø  Desenho a partir da obra apresentada;
Ø  Vivencia da obra através de brincadeira;
Ø  Releitura da obra de acordo com a visão das crianças, utilizando massinha de modelar;
Ø  Desenho coletivo.

3ª Etapa: Obra “Três Marias, 1940”.
Ø  Apreciação da obra (socialização);
Ø  Desenho a partir da obra apresentada;
Ø  Vivencia da obra através de brincadeira;
Ø  Releitura da obra de acordo com a visão das crianças, utilizando colagem e barbante;
Ø  Desenho coletivo.

4ª Etapa: Obra “Morro, 1933”.
Ø  Apreciação da obra (socialização);
Ø  Desenho a partir da obra apresentada;
Ø  Representar a obra utilizando blocos de montar (blocos de madeira);
Ø  Releitura da obra de acordo com a visão das crianças, utilizando colagem e barbante;
Ø  Desenho coletivo.

5ª Etapa: Obra “Mulher e Criança, 1936”.
Ø  Apreciação da obra (socialização);
Ø  Questionário com a família sobre o cotidiano da criança;
Ø  Releitura da obra de acordo com a visão das crianças, utilizando argila;
Ø  Desenho coletivo.
  
PRODUTO FINAL
Exposição dos trabalhos realizados pelas crianças.

AVALIAÇÃO
A avaliação será ao longo do projeto, através de observação e registro através de relatórios e fotos.

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS
AZEVEDO, Heloísa de Aquino. Coleção aprendendo com Arte. 1ª ed. Vol.8 São Paulo: Educação e Companhia, 2007.
TRZMIELINA, Nadine; BONITO, Ângelo. Crianças Famosas – Portinari. 10ª ed. São Paulo Janeiro: Callis, 1997.
REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL, Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, Vol. 3, 1998.

14 de fev de 2013

Crianças da Natureza

Propiciar atividades para que as crianças se percebam como seres integrantes da natureza, para que desde a mais tenra idade já desenvolvam uma consciência crítica sobre o mundo em que vivem, conhecendo e aplicando em seu cotidiano o conceito dos 3 R's: REDUZIR, REAPROVEITAR E RECICLAR!





8 de fev de 2013

Projeto - A Linda Rosa Juvenil

Turma: Infantil I (4 à 5 anos)
Periodicidade: 1 vez por semana
Tempo Estimado: 4 meses


OBJETIVO GERAL
·         Participar de vivências lúdicas com foco na socialização;
·         Aperfeiçoar a organização em grupo;
·         Interpretar cantigas e músicas infantis.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
·         Interagir com diversos materiais, instrumentos e procedimentos de arte;
·         Desenvolver atenção, observação e concentração;
·         Construir objetos a partir de sucata;
·         Ampliar o vocabulário;
·         Relacionar a linguagem oral com a linguagem escrita;
·         Ilustrar cantigas.

CONTEÚDO
·         Escrita da letra da música;
·         Reconhecer palavras existentes na música;
·         Trabalhar linguagem oral e escrita da música;
·         Explorar os personagens da música;
·         Flor com papel espelho e palito de sorvete;
·         Teatro de fantoches com os personagens da música;
·         Confecção de fantoches com material reciclável;
·         Confeccionar apetrechos para encenação;
·         Dramatização da cantiga.

ETAPAS
1ª Etapa: Linguagem oral e escrita
Conhecer a cantiga “A linda rosa juvenil” (áudio e letra)
Ø  Exploração da linguagem escrita através de jogos de montar confeccionados com as crianças, caça-palavras, uso de alfabeto móvel para formar palavras e professor escriba;
Ø  Audição da cantiga para familiarização com a letra e ritmo;
Ø  Cantar a cantiga e realizar movimentos.

2ª Etapa: Artes
Ø  Confecção de fantoches com material reciclável;
Ø  Explorar materiais diferenciados para reproduzir a cantiga através de desenhos;
Ø  Confecção de apetrechos para encenação;
Ø  Teatro de fantoches com os personagens da cantiga.

3ª Etapa: Dramatização
Ø  Construção de fantasias para a dramatização;
Ø  Ensaios;
Ø  Apresentação das atividades realizadas durante o projeto;
Ø  Apresentação para os pais.

PERÍODO ESTIMADO: 6 meses (uma vez por semana)

PRODUTO FINAL
Dramatização da cantiga “A linda rosa juvenil”. Apresentação para os pais.


AVALIAÇÃO
A avaliação será ao longo do projeto, através de observação e registro através de relatórios e fotos.

7 de fev de 2013

Projeto Leitura - Meu Primeiro Livrinho


Turma:  Infantil I (4 à 5 anos)
Periodicidade: 1 vez por semana
Duração: 4 meses

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
► Valorizar o livro como fonte de entretenimento e conhecimento;
 ►Aguçar o prazer pela leitura;
 ►Desenvolver a linguagem oral e a capacidade de ouvir;
 ►Organizar ideias e pensamentos;
 ►Ampliar o vocabulário.

DESENVOLVIMENTO
 ●Rodinha para conversa informal, troca de ideias e análise de conhecimentos prévios;
 ●Apresentar livro para os alunos – manusear e conhecer a história;
 ●Dramatização e registro feito pelas crianças através de desenho e oralmente;
 ●Lista de personagens;
 ●Trabalhar linguagem oral e escrita;
 ●Exploração dos personagens e modelagem dos mesmos;
 ●Montagem de livro contendo as histórias trabalhadas.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
 ●Conversa informal sobre histórias que gostam;
 ●Cuidado com os livros;
 ●Falar sobre autor e ilustrador de cada livro;
 ●Ler a história;
 ●Debate sobre a história;
 ●Reprodução coletiva e individual da história;
 ●Desenho livre;
 ●Modelagem dos personagens.

RECURSOS
 ●Livros;
 ●Diferentes tipos de papel;
 ●Cola branca e colorida;
 ●Lápis de cor, giz de cera;
 ●Tesoura;
 ●Massa de modelar;
 ●Tinta guache;

 AVALIAÇÃO
 Acontecerá no decorrer do projeto de acordo com a participação dos alunos.

PRODUTO FINAL
Produção de um livrinho ilustrado pelas crianças, envolvendo as histórias trabalhadas no decorrer do projeto.

23 de jan de 2013

Dicas de Leitura


     O ato de ler proporciona a descoberta do mundo da leitura, um mundo totalmente novo e fascinante. Entretanto, a sua apresentação à criança deve ser feita de forma atrativa, estabelecendo uma visão prazerosa sobre a mesma, de modo que torne um hábito  contínuo.          A leitura desenvolve a capacidade intelectual do  indivíduo devendo fazer parte de seu cotidiano e desenvolvendo a criatividade e a sua relação com o meio externo. (http://www.revista.inf.br/pedagogia09/pages/artigos/edic09-anov-art03.pdf).
     Pensando no bem que a leitura traz às crianças e na importância do professor de educação infantil proporcionar momentos prazerosos e significativos de leitura, seguem algumas dicas de livros para ler em sala de aula.


Autor: Ilan Brenman e Silvana Rando
Editora: Brinque Book
De maneira bem-humorada, os autores exploram questões do dia a dia como o banho, que muitas vezes é motivo de briga entre pais e filhos. O livro é legal para conscientizar as crianças da importância da higiene pessoal.


Autor: Theresinha Casasanta
Editora: do Brasil
Este livro aborda a questão do estabelecimento de vínculos afetivos, o que é importante de ser trabalhado desde cedo. Os patinhos que nascem e não encontram a mãe no ninho se veem sem referencia e a partir disso a autora abrange a importância das relações familiares.


Autor: Ziraldo
Editora: Melhoramentos
O clássico de Ziraldo, que completa 40 anos, conta a história de uma cor feia, frágil e aflita que procura, procura e procura seu lugar no mundo. Além da poesia visual, o livro trabalha o respeito às diferenças. O final surpreendente emociona a criançada.






18 de jan de 2013

Relaxamento

     Que tal uma massagem para relaxamento?
     Essa é uma boa estratégia para trabalhar o toque carinhoso com as crianças. Segundo a Dra. Flávia Macedo Parente, do Projeto Tocar e Educar (http://acupuntura-dor.blogspot.com.br/2012/04/tocar-e-educar.html) "O toque é uma necessidade básica de todos os seres humanos, essencial no desenvolvimento emocional e cognitivo, antigamente acreditava-se que tal desenvolvimento dependia somente dos genes que herdávamos, porém sabe-se hoje que a este processo somasse as experiências que se vive".
    Visando proporcionar essa experiência para as crianças, pode-se criar um ambiente acolhedor e aconchegante e promover uma sessão de massagem, onde umas massageiam as outras, compartilhando o toque carinhoso, dando e recebendo carinho. Posso garantir que é uma experiência muito boa e que as crianças curtem.

17 de jan de 2013

Pintura com a Boca

     Explorar diferentes posturas para a construção do desenho é uma boa estratégia para que as crianças construam seu conhecimento através das experiências vividas e da interação com o outro. 
    Segundo o RCNEI "Explorar os materiais em todas as suas possibilidades através dos sentidos é uma atividade prazerosa para as crianças".  
     E as crianças se divertiram muito ao realizar a atividade de desenhar segurando a caneta hidrocor com a boca... Foi uma experiência sensacional!!

16 de jan de 2013

Brincando de Amarelinha

   Segundo a educadora Adriana Friedmann, autora dos livros A Arte de Brincar e Desenvolvimento da Criança através do Brincar, o "brincar" deve ter lugar prioritário na vida da criança. "Brincar é fundamental na infância por ser uma das linguagens expressivas do ser humano. Proporciona a comunicação, a descoberta do mundo, a socialização e o desenvolvimento integral".
     Acredito que o aprendizado da criança possa ocorrer de forma lúdica e prazerosa. Uma brincadeira antiga, porém de grande funcionalidade é a "Amarelinha", pois através dela pode-se explorar o conhecimento dos números com as crianças e trabalhar a sequencia numérica. 

Flor com Garrafa Pet

Fiz essa flor junto com meus alunos para decorar um painel de sala. 
Eles amaram realizar a pintura e o resultado ficou show.



15 de jan de 2013

Adaptação

     O período de adaptação das crianças na escola é primordial para o bom desenvolvimento do trabalho no ano letivo e para a criação do vínculo entre criança x professor x ambiente. Por isso é muito importante planejar esta fase, para bem receber as crianças e proporcionar a elas momentos lúdicos e de prazer na escola.
     Elaborei uma sequencia de adaptação para receber meu pequenos esse ano.



Objetivos:
·         Acolher crianças e familiares, a fim de fazê-las sentirem-se seguras e confortáveis no período de adaptação;
·         Conhecer às necessidades e preferências do grupo e familiares;
·         Incentivar a parceria entre família e escola;
·         Explorar o espaço interno e externo do CEI;
·         Interagir com o grupo e professoras, por meio da participação em brincadeiras e jogos.

Atividades Propostas:
·         Passeio pela creche;
·         Roda de música;
·         Dança com bexigas;
·         Brincadeiras de roda;
·         Caixa surpresa;
·         Teatro de fantoches;
·         Percurso com túnel;
·         Relaxamento;
·         Cineminha;
·         Brincadeiras de faz-de-conta (casinha, fantasias, salão de beleza, instrumentos musicais, etc.)
·         Brincadeiras com bola (futebol, arremesso, boliche, basquete, etc.)
·         Pintura com giz de cera, canetinha, lápis de cor, etc.
·         Ginástica,
·         História da serpente;
·         Seu mestre mandou;
·         Corre-cotia;
·         Imitar os animais;
·         Manusear livros e revistas;
·         Brincar com lego;
·         Brincar com massinha,
·         Piquenique;
·         Confecção do jogo americano;
·         Cantos Lúdicos;
·         Confecção de Barangandam;
·         Confecção de máscara, colares e pulseiras para o carnaval;

Recursos:
Bolas, Lego, tinta guache, papel contact, cartolina, barbante, fita-crepe, papel crepom, bexiga, aparelho de som, Cd’s de músicas infantis, DVD infantil, aparelho de DVD, TV, pipoca, refrigerante, giz de lousa, giz de cera, canetinha, lápis de cor, cola colorida, canudo, papelão, livros, revistas, fantasias e brinquedos diversos.

Reformulando o blog

Mais um ano se inicia e com ele muitas expectativas de muito sucesso.Por isso decidi reformular meu blog, dando a ele uma carinha mais animada e atrativa, além de dedicar maior tempo para minhas postagens e atualizações...Desejo a todos um bom ano, que 2013 seja repleto de realizações vitoriosas!!!